Como escolher a cadeira ideal pro seu escritório
5 (100%) 42 voto[s]

Como escolher a cadeira ideal pro seu escritório

por Carolina Bebik

Sua cadeira pode estar matando sua produtividade!

Você sabe escolher a cadeira ideal pra trabalhar?

Escolher o modelo certo vai garantir um escritório mais ergonômico, saudável e produtivo!

Neste post vou te mostrar algumas dicas pra acertar em cheio na escolha da cadeira!

Afinal… A gente passa muitas horas sentados nela, não é?

Quem nunca sofreu com dor nas costas por passar horas na cadeira do escritório!?

As horas de trabalho vão passando e quando chega no fim do dia, você leva pra casa o que sobrou de você.

Gif dor nas costas

Não é mais ou menos assim que acontece quando a gente fica muito tempo sentado em uma cadeira desconfortável?

É normal a gente ficar umas 10 horas por dia sentados.

A gente senta no escritório, na cadeira do restaurante, no banco do carro…

Vamos ser gentis com nossa coluna e escolher uma cadeira boa, né? hehehe

Vou te mostrar neste post algumas dicas bem valiosas pra escolher a cadeira ideal para o seu trabalho.

Eu sou Arquiteta por formação e trabalhei por muito anos com arquitetura de interiores. Eu sempre alertava meus clientes sobre a escolha das cadeiras corporativas.

Então nesse post eu reuni várias informações importantes pra você se tornar um expert em cadeiras e escolher a cadeira ideal pra você!

São as mesmas dicas que eu dava para os meus clientes de arquitetura que me contratavam pra consultorias e projetos, só que agora eu compilei tudo aqui de forma resumida e estou te dando de presente :)

A cadeira do cliente pode ser pior que a sua

Tem gente que gasta uma grana na cadeira dos clientes e na hora de comprar a cadeira pra quem trabalha no escritório, resolve economizar!

Pense bem!

As cadeiras mais ergonômicas e confortáveis devem ser utilizadas pelas pessoas que trabalham no escritório.

As cadeiras dos clientes não precisam ter uma grande quantidade de ajustes, já que, em geral, o cliente passa pouco tempo sentado ali.

O ideal é que na recepção e sala de espera sejam colocadas poltronas ou sofás.

Isso garante um visual mais bonito e também deixa a decoração muito mais imponente e atrativa.

Muitos escritórios usam nas salas de espera as cadeiras do tipo longarina, por serem mais baratas, mas vou dar uma dica de ouro aqui: esse modelo raramente fica bonito em uma decoração corporativa.

Imagem de cadeira longarina

O modelo longarina funciona muito bem em aeroportos, hospitais e outros locais públicos, mas em ambiente corporativo empobrece o visual, sabe?

Evite usar esses modelos.

É muito mais interessante usar móveis com um design mais exclusivos nesses ambientes de recepção do cliente, afinal, esse é o cartão de visitas do seu escritório, consultório ou empresa.

E as cadeiras da sala de reunião?

Também não precisam ter muitas regulagens.

Como as salas de reuniões, na maioria das vezes, são usadas com menos frequência e por pouco tempo, dá pra investir em cadeiras com menos mecanismos.

Não tem empresas que fazem até reuniões em pé, justamente para durarem menos tempo? hehehe

As vezes, nem é necessário que essas cadeiras sejam giratórias e tenham rodinhas.

As cadeiras com rodinhas costumam ser mais caras, então você pode investir essa diferença em um modelo com design mais bacana.

Cadeiras com ajustes - Sua coluna agradece

As cadeiras que obrigatoriamente devem ter ajustes são as usadas por você e seus colegas, que costumam passar muitas horas sentados realizando tarefas no computador.

Boas cadeiras de escritórios têm uma quantidade maior de ajustes.

Pode parecer exagero, mas te garanto que esses ajustes são necessários, porque em um ambiente de trabalho, as cadeiras dificilmente são escolhidas levando em conta as características físicas de cada pessoa.

Com os ajustes ergonômicos, um mesmo modelo pode ser utilizado por vários usuários sem que seja necessário ter um modelo exclusivo para cada pessoa.

Uma mesma cadeira pode ser utilizada por uma pessoa de 1,60 m de altura ou 1,90 m.

Por causa dessas diferenças físicas é que os ajustes ergonômicos são essenciais.

Vou mostrar no final deste post as várias regulagens que existem nas cadeiras. E também vamos falar sobre os problemas que uma cadeira mal regulada pode trazer pra sua saúde.

Antes disso, vamos aprender a escolher a cadeira!

O que é importante na hora de escolher a cadeira

Errar pode te custar caro!

Agora que você já sabe que a cadeira mais importante do escritório é aquela que é usada o dia todo, vamos listar o que deve ser observado na hora de escolher o modelo.

Lá no final vou falar sobre a parte mais importante para a sua saúde: as regulagens!

1- Materiais de revestimento e espumas

A espuma e o revestimento de uma cadeira importam?

A resposta é sim!

Para atividades que exigem muitas horas sentado é sempre aconselhável que o assento seja estofado e que a borda do assento seja arredondada pra dar conforto aos joelhos dobrados.

A espuma tem que ser durável, resistente, não pode deformar com facilidade e nem ser muito mole.

Com relação ao revestimento, existem muitos materiais e cores diferentes disponíveis nos catálogos dos fabricantes.

As cadeiras revestidas com tecido são super bonitas, mas os tecidos naturais e sintéticos são mais difíceis de limpar.

Além disso, alguns tecidos como a camurça ou o veludo, são muito quentes e o pessoal sofre no verão.

O interessante das cadeiras em tecido é que a variedade de cores é muito grande, dando uma maior liberdade de composição na decoração.Imagem cadeira revestida em tecido

As cadeiras revestidas com couro sintético e natural são fáceis de limpar, mas dificultam a troca de calor do corpo e, em estações ou locais mais quentes, são desconfortáveis porque, ao suar, as pessoas grudam nas cadeiras.

É uma sensação horrível, né?

Imagem de cadeira em couro

As cadeiras revestidas com tela têm sido os modelos mais usados nos espaços corporativos.

Além de serem de fácil manutenção, são bonitas e permitem maior ventilação e troca de calor.

A desvantagem é que não possuem uma grande variedade de cores.Imagem cadeira em tela

Dá pra mesclar diversos tipos de revestimentos para atender os diferentes ambientes e funções dentro do escritório.

Alguns modelos de cadeira têm assento em couro e encosto em tela, por exemplo.

Misturar revestimentos em uma mesma cadeira ou até misturar diversos modelos de cadeira e revestimentos é uma alternativa ótima para deixar a decoração do seu escritório muito mais bonita.

Para a sala de reuniões podem ser escolhidas cadeiras revestidas em tecido, enquanto para a área de trabalho dos colaboradores podem ser utilizadas cadeiras em tela.

Assim, dá pra criar uma composição interessante de modelos, cores e texturas.

2- Rodízios (Rodinhas) - Qual o seu piso?

Mobilidade é essencial dentro de um espaço corporativo!

Gif cadeiras

E essa mobilidade fica mais fácil com o uso de rodízios nas cadeiras. Os rodízios são as rodinhas.

É muito importante ver a carga que os rodízios aguentam.

Muitos são fabricados com materiais ruins e quebram rápido.

Conhecer o material usado na fabricação dos rodízios também é importante para escolher o modelo de acordo com o tipo de piso do ambiente.

Algumas marcas permitem que você monte a cadeira escolhendo o rodízio mais adequado para cada caso. Isso é muito legal!

Pra você não cair em nenhuma armadilha nas lojas saiba que existem duas categorias de rodízios no mercado:

  • Rodízios para pisos macios
  • Rodízios para pisos duros

Para pisos macios – O rodízio amigo do carpete

São fabricados com materiais mais duros e não absorvem impactos.

Esses rodízios são para pisos macios cobertos por tapetes ou carpetes. Se forem usados sobre pisos de madeira ou laminados podem riscar o piso.

Os materiais mais usados para fabricação desses rodízios são o Nylon e o PVC.

Os rodízios em PVC são os mais encontrados por serem mais baratos. Mas não são os melhores!

É muito difícil notar a diferença entre rodízios de PVC e Nylon e por isso é sempre importante perguntar para o fabricante.

Os fabricados em PVC são muito mais frágeis e quebram com facilidade.

Escolha sempre os de Nylon!

Imagem de cadeira com rodízios de Nylon Imagem rodízios de Nylon

Para pisos duros – O rodízio que não risca seu piso

São fabricados com materiais mais macios e, por isso, são indicados para pisos duros como porcelanatos, pedras, madeiras e laminados.

Existem rodízios em PU (poliuretano), gel ou silicone.

Alguns fabricantes de piso recomendam rodízios específicos.

Em geral os fabricantes de piso laminado indicam em manuais os rodízios de poliuretano, como este da foto abaixo, para prevenir marcas no piso.

Imagem do rodízio de PU

Bastante informação sobre as rodinhas né?

Mas é por isso que tanta gente erra.

Agora você já sabe e vai acertar em cheio!

3 - Regulagens e mecanismos

Uma cadeira bem regulada faz toda a diferença!

Existem vários tipos de mecanismos e regulagens.

Vamos ver a seguir quais são os principais:

Regulagem de altura do assento

Quase todos os modelos de cadeiras de escritório têm essa regulagem. É o mecanismo mais comum.

A regulagem de altura do assento é feita através de um sistema pneumático à gás controlado por uma alavanca abaixo do assento.

Essa regulagem é importante para os pés ficarem bem apoiados no piso e garantem que a mesma cadeira seja usada por pessoas de diferentes estaturas.

Os pés devem ter apoio total no chão e se não houver esse alcance, deve ser usado um acessório de apoio para os pés.

Se o pé não estiver bem apoiado pode comprometer a circulação das pernas.

Por isso que o ideal é que as dobras dos joelhos fiquem para fora e a borda do assento seja arredondada.

Imagen altura do assento

Imagina ficar por 6 horas trancando a circulação das pernas?

Por menor que seja a pressão, certamente não faz bem!

Regulagem de profundidade de assento

Alguns modelos têm regulagem de profundidade de assento para garantir que pessoas mais baixas fiquem com as coxas totalmente apoiadas no assento da cadeira e os pés totalmente apoiados no piso.

Imagem profundidade do assento

Isso distribui mais o peso do corpo porque a área apoiada é maior!

Essa regulagem é super importante e geralmente as cadeiras vêm sem ela!

Regulagem de inclinação do assento

Permite ajustar a inclinação do assento.

Não é a inclinação do encosto que estamos falando, mas do próprio assento.

Alguns profissionais de saúde recomendam ainda que a parte da frente da cadeira seja um pouco mais alta que a parte de trás.

Assim, ao relaxarmos no encosto, a pressão na lombar fica menor.

Imagem inclinacao do assento

Regulagem de braços

Uma regulagem bem comum é a altura dos braços e a distância entre eles, mas alguns modelos de cadeiras permitem ajustar também a posição do braço mais para frente ou para trás e também o ângulo de inclinação.

Imagem de ajuste de braço Imagem de ajuste de braço

Muitas cadeiras de braço fixo não entram embaixo de mesas e isso é muito desconfortável, porque nós tentamos compensar essa distância inclinando o corpo pra frente e afastando as costas do encosto.

Então preste bastante atenção nessas medidas!

Regulagem de altura do encosto

Permite que o encosto da cadeira seja levantado ou abaixado pra apoiar melhor a lombar.

Imagem altura do encosto

Regulagem de apoio lombar

Alguns modelos de cadeira têm uma peça de apoio lombar com ajuste de altura e pressão no ponto certo.

Esse ajuste é pra mim um dos melhores! A hérnia de disco agradece muito! hehehe

Imagem do apoio lombar

Back System

Permite uma inclinação do encosto enquanto o assento se mantém fixo na horizontal.

Imagem back system

Sistema Syncron

Permite um movimento sincronizado de inclinação do assento e encosto.

Imagem sistema syncron

Sistema A-syncron

Permite movimentos de inclinação independentes do assento e do encosto.

Imagem do sistema a syncron

Sistema Relax

Este é um sistema utilizado em cadeiras mais sofisticadas.

O sistema Relax permite que o conjunto assento + encosto recline para frente e para trás, com o uso de uma mola, em um movimento parecido com uma cadeira de balanço, relaxando os músculos e as tensões.

Imagem relax system

São várias regulagens, não é!?

Uma cadeira mal regulada pra sentar por meia hora pode não trazer tanto desconforto…mas depois de horas sentado, quando os músculos vão relaxando e a circulação vai diminuindo, isso faz bastante diferença!

O mais importante na hora de escolher a cadeira ideal pro seu escritório é analisar por quanto tempo a pessoa ficará sentada na cadeira e qual é a principal atividade que ela desempenha durante o horário de trabalho.

Quanto mais tempo você ou seu funcionário passam em frente ao computador maior a necessidade da cadeira ter mais ajustes.

Não escolha uma cadeira que tenha somente regulagem de altura de assento!

Essa regulagem isoladamente não é suficiente pra que pessoas com diferentes estruturas corporais trabalhem com conforto por 40 horas semanais.

Sempre que possível, busque opções de cadeiras com regulagens de assento, encosto e braços pra que um mesmo modelo possa ser utilizado por diferentes pessoas.

E sempre vá até a loja e sente na cadeira antes de comprar.

Mesmo que a cadeira não seja para você, fique um tempo sentado e manuseie todos os mecanismos e regulagens que o modelo possui.

Ela pode ser bonita e confortável para sentar por alguns minutos, mas será que é saudável para longas jornadas de trabalho?

Conclusão - Leve pra casa

Nest post você viu um resumo bem completo sobre as cadeiras dos espaços corporativos.

Você já saiu na frente de um monte de gente sabendo como escolher a cadeira ideal.

Você não faz ideia de como isso gera dúvida!

Muita gente acha que está sendo esperta e economizando na cadeira. Mas isso gera uma diferença enorme de eficiência no trabalho que muitas vezes não é levada em conta!

Então invista na cadeira que vai comprar e tenha resultados melhores no final do mês! Sua produtividade e sua saúde agradecem!

Agora você já é um expert no assunto e vai ser muito mais fácil e rápido escolher os modelos de cadeira.

Produtividade e Ordexa

Ah, falando em produtividade! Já testou o nosso software de gestão de clientes, o Ordexa?

Assim como uma ótima cadeira, ele vai te poupar muito tempo e dores, porque é prático e eficiente!

Gostou das dicas? Foram úteis pra você?

Escreve pra mim aqui embaixo nos comentários!

Vou adorar saber se gostou que eu tenha falado dessa parte de ergonomia no trabalho e se quer que eu escreva mais sobre isso!

Até o próximo post!

compartilhe


Carolina Bebik

Carolina Bebik

Arquiteta, Designer, Web Designer e apaixonada por plantas. Ela adora criar soluções elegantes e práticas para problemas que enfrentamos todos os dias no trabalho.

11 Publicações

Artigos relacionados

blog post

Médicos: Como organizar seus pacientes de um jeito rápido e descomplicado

blog post

5 ferramentas online pra usar hoje e se organizar no trabalho

blog post

Como organizar todos os alunos de personal trainer

O que você achou deste conteúdo? Deixe um comentário aqui embaixo, vou adorar saber sua opinião!